23 Replies to “Experiência no Ciência sem Fronteiras / Science without Borders”

  1. Cara, pode ser uma pergunta idiota, mas será que o fato de um candidato ter tatuagem, pode ser algo “eliminatório” no csf? assim como acontece em entrevistas de emprego ?

  2. gostei muito do seu vídeo!!! é bom ver o povo de Belém marcando presença nas Universidades americanas. eu sou estudante de Engenharia mecânica na UFPA qual a melhor universidade pra se estudar Mecânica nos EUA???na sua opinião!! desde ja agradeço.

  3. Qual era sua média de nota na universidade? no enem tive uma nota razoavel, mas na universidade tiro notas boas, faço engenharia na federal do paraná.

  4. Muito legal! Estou querendo me inscrever também, mas estou em dúvida na escolha do país, se Reino Unido ou EUA. Você conhece a HBCU, nos Estados Unidos? Você está na IIE, certo? Abraço! 🙂

  5. posso está errado mas parece que este programa e para beneficio de quem é rico eu penso que tem gente que trabalha é não ganha o valor dessa bolsa ridiculo Brasil ajudando quem já é rico e não precisa de ajuda lamentavel claro posso está errado (que não acredito)

  6. For the science without boarders to work, my country has to change current legislation about validation of foreign degrees. Brazil lesgislation is too broad and unequal about that. As an example, I would cite my wife. She attended an american university for B.S. in nursing. Search google for revalidacao ilegal and be informed.

  7. a bolsa que eles dão é suficiente pra viver lá financeiramente tranquilo ou precisa de mais ajuda dos pais e tal? agradeço e parabens c:

  8. eae man , blz ? eu sou de Belém , e gostaria de saber se seria possivel vc me passa algum contato seu para que eu podesse tira algumas duvidas e tals.. se vc tiver skype passa ae 😀 my skype : l3elenga69…. e de qual faculdade vc é a qui em belém … e o seu curso qual seria ? vlw..

  9. E a bolsa que você recebe do governo permite que vc tenha uma certa tranquilidade financeira ou ainda é necessário o auxílio dos seus pais e tals?

  10. Oi tudo bom? seu video deu pra esclarecer muita coisa, entretanto to cheia de duvidas ainda. Eu vou concorrer nessa chamada de agora e to tentando me organizar pra enviar todos os documentos necessarios dentro do prazo. Eu to com duvida no preenchimento do common app. Eu sei que coisa de carta de recomendaçao, cart de motivaçao, alem de que o questionario é gigante. como foi pra voce essa etapa? pode me ajudar? :))

  11. No nosso caso não ocorreu “Melhores alunos indo pra melhores faculdades”. O objetivo do programa foi de mandar alunos para as mais diversas faculdades nos EUA. E muita gente ficou chateada por ter um curriculo melhor que outras e ter sido mandada pra universidades não tão conhecidas. Roleta russa, literalmente. Falows

  12. Sim, a universidade tem que ser participantes, claro. Mas o que ele estava supondo é que existiria uma “predileção natural” que as melhores vagas, em US, fossem destinadas a alunos dos grandes centros em função da “superioridade intelectual e acadêmica” ou da melhor reputação das universidades dos grandes centros. Mas como tu dissestes, se estamos aptos a competir temos que lutar “contra os gigantes” mesmo não estando nos grandes centros (Usp, Unicamp, UFRJ etc.). Abraço!

  13. Claro que depende da sua universidade em relação a estar participando do programa, mas se ela estiver depende inteiramente de você ser chamado ou não. Então estuda, muleque! Boa sorte.

  14. Muito obrigado pela força cara. Sabe porque pergunto… É que um amigo me disse para não me iludir muito com US pois só estava indo gente das paulistas top e algumas federais top dos principais polos do pais. Mas pelo seu próprio exemplo isso não procede, você é de Belém, não é ?! Acho que a tese do meu amigo é furada… Obrigado!

Leave a Reply